Ver Histórico



Procurar




  


Newsletter

Nome
  
E-mail
  




Links



O custo Brasil V

15/06/2020

 

Nós, consumidores (de tudo), se entrarmos num estabelecimento comercial para adquirirmos um simples pente, um parafuso, um quilo de arroz, etc., estamos contribuindo para manutenção de 71 obrigações fiscais e parafiscais.

 

“Essas obrigações”, servem para manter órgãos, serviços diversos que nada têm a ver como que estamos comprando.

 

Toda essa parafernália embutida no custo diário das nossas necessidades vêm lá dos tempos da ditadura do Estado Novo e fazem perto de 90 anos que existem, daí o Brasil ostentar a maior carga tributária do mundo.

 

A chamada desoneração da folha de pagamento das empresas, eliminando pelo menos 60 obrigações fiscais e parafiscais que atormentam a vida de consumidores e empresários, seria como uma benção divina, se é que essas tais de “divindades” estão preocupadas com a vida do povo.

 

O sistema atual não tem paralelo em nenhuma história dos povos e isso tudo se dá devido a nação viver no maior sistema corrupto do mundo. Ninguém está a salvo. Não tem doutor bonito nessa história imoral, da locupletação indébita do bolso do alheio.

 

Pelo que entendo, do jeito que o Brasil anda, nem daqui há 200 anos nos livraremos de todas essas maldades, a não ser que surja um macho, macho mesmo, com suficiente carisma e colocasse um basta nessa canalhice toda.

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo

Apenas um alerta

14/06/2020

 

Quem tem uma mínima noção do que seja Pátria, família, amor onde nasceu não pode aceitar o que está acontecendo no Brasil, presentemente, pós eleição de Jair Messias Bolsonaro, como se o pleito realizado, que lhe deu a vitória não tivesse nenhum significado na história política nacional.

Alguns, meio apressados, questionam que a nação está sendo destruída pelos inimigos das liberdades fundamentais, a partir do que se denomina, nos meios jurídicos, de Suprema Corte, com suas decisões monocráticas sem que seu colegiado, tenha coragem de dar um basta a tais absurdos.

Se levarmos em conta que 82% da população estão ao lado das Forças Armadas, pressupõe-se  que, basta ela, as Forças Armadas, querem, que intervirão para o restabelecimento dos princípios democráticos que vêm sendo quebrados, até com a participação explicita de numerosos membros do Congresso Nacional.

Tudo tem um limite, até para uma intervenção armada. As nossas Forças Armadas sabem que sua intervenção trará um preço na vida da Nação que vai custar milhares de vidas humanas, sem se avaliar quando terminará. Será semelhante à intervenção de 1964? Não. Será sem precedentes na nossa história e pode durar por 50 ou mais anos, até que se recupere o tempo perdido com essa corja de malfeitores e ladrões, presos.

Os fatos recentes, de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e outros, em pequena escala, nos dão a certeza de que, estão brincando com fogo, e vão se queimar, principalmente governantes que, esquecidos que foram eleitos, perderão seus mandatos.

 

 

 


Imprimir | Enviar para um amigo



« Recentes   2350 2349 2348 2347 2346 2345 2344 2343 2342 2341   Anteriores »